domingo, 11 de julho de 2010

Batik: arte nobre e técnica milenar.

Batik ou Ambatik é um nome javanês que significa desenhar ou escrever. O Batik surgiu originalmente na Indonésia. Era uma arte nobre, que apenas as princesas e suas damas podiam praticar, pois somente elas dispunham de tempo suficiente para trabalhar os tecidos (normalmente a seda) de forma tão detalhada e elaborada. As tintas que usavam eram extraídas de plantas nativas e preparadas nas habitações, cercadas do maior segredo. Há 2000 anos a.C. no Egito, em Java, na Índia, na China, na África e na Indonésia, já estampavam os tecidos com a técnica do batik, que era usado através da impressão de mensagens e notícias, como meio de comunicação. Só mais tarde esta técnica passou a ser empregada para estampar tecidos de vestuário. Podemos dizer que o batik é uma técnica de vedamento, pois as partes cobertas com a cera não recebem tinta. Desenha-se com a cera sobre o tecido branco ou cru, que depois é tingido normalmente com a cor determinada. As linhas e ranhuras coloridas que vão surgindo no desenho são chamadas de "craquelê", que é a maior característica desta técnica e que contribui para realçar o trabalho. Antigamente, no batik primitivo, para cada cor aplicada o tecido era encerado, tingido, vaporizado e removia-se a cera a cada aplicação de cor. Hoje este processo, está bastante simplificado, além de novas técnicas, existem diversos tipos de corantes, anilinas e tintas para tecidos. Os riscos e temas também foram simplificados. A introdução destas novas técnicas, facilitou tanto a execução do batik, que é possível utilizar, para um único trabalho, todas as cores desejadas em apenas três ou quatro tingimentos. Essa técnica é conhecida como "Falso Batik". O melhor tecido para aplicar a técnica do batik é o algodão liso de cor clara, embora a seda também possa ser usada. Desaconselham-se as fibras sintéticas, pois não tingem bem, e as sedas finas que podem não agarrar a tinta. Se for muito espessa também não é adequada a esta técnica, já que a tinta teria dificuldade em penetrar neste tecido.

Sobre Batique ver também:

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pages

 
↑Top