sábado, 12 de junho de 2010

Dia dos Namorados: balela, gente!


Assim como em outras datas, a finalidade principal deste dia é o consumismo. O amor é abstrato, por isso impossível quantificá-lo com presentes. Isso vem a ser um jogo de cena com muitas vantagens lucrativas! O conceito de amor está muito distorcido, pois existem muitos namorados e namoradas que não respeitam os sentimentos do outro e, depois, "vêm tapar o sol com a peneira" ofertando presentes, mas na tentativa de camuflar suas mentiras e/ou traições. Os puros de sentimento não avaliam o amor por objetos materiais. São companheiros de verdade para todos os momentos. É isso que vale, é isso que fica. Tenho dito.

Tânia Marques  12 de junho de 2010

5 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pages

 
↑Top