segunda-feira, 28 de março de 2011

Cio e Paixão

 
Jorge Bichuetti


Teu corpo exala
vapores lisérgicos
fagulhas estelares
centelhas lunares...
Um cheiro de prazer,
um sabor selvagem
de frutas silvestres
e ervas do campo,
da relva, onde
numa união
entre o cio e a paixão
nos descobrimos
desnudos, só pele;
amantes, sol e mar...

O mundo parou:
eclipse visceral,
dois corpos
numa explosão transcendental...

O céu girou:
Eucaristia carnal,
dois corpos
fazendo do amor uma história imortal...

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pages

 
↑Top