domingo, 20 de março de 2011

Saudade


Jorge Bichuetti


Minhas lágrimas de saudade,
entres as pedras da solidão,
correm, larga correnteza,
que lamentam, no vazio,
tão imensa... imensidão...

Tua ausência me consome,
pois, perene é tua presença;
silenciosa e incorporal, ela
rumina as lembranças
e delira novos abraços,
onde só ficou um retrato
e a saudade... uma louca desilusão!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pages

 
↑Top